Gn 6:1-5: Os Filhos de Deus eram Anjos?

Categoria :


A Polêmica em torno desses versículos até hoje dá dor de cabeça em vários teólogos da atualidade. Alguns preferem não meter-se nesse assunto por considerá-lo não essencial e também um divisor de águas, por isso nada de combater tal coisa. Todavia quem crê nessa doutrina parece não ver o perigo que ela apresenta em sua consequência prática. Se anjos podem ter relação sexual com seres humanos, porque não acreditar que demônios podem ter relação sexual hoje e que são verdadeiras as afirmações de pessoas que praticam sexo com os anjos atualmente? será que há apoio bíblico para tal afirmação?
É interessante notar que essa doutrina tem muitos adeptos famosos, como o pastor Caio Fábio, que fala sobre isso em uma nota de rodapé no livro Enigma da Graça. Os fundamentalistas também se dividem nessa doutrina, alguns crêem, enquanto outros discordam abertamente sobre isso. Os mais antigos que crêem nessa doutrina são o historiador judeu Flávio Josefo e a maioria dos eruditos judaicos no inicío da era Cristã. Só a partir de Agostinho é que foi definida a interpretação de que os filhos de Deus na verdade se referiam a descendência de Sete.
Os argumentos apresentados para apoiar tal doutrina é que a expressão "Filhos de Deus" é aplicada várias vezes se referindo aos anjos, como por exemplo em Jó 1:6; 2:1; 38:7( Jó 1:6 é citado no livro de Fábio para corrobar essa afirmação). Mas o que dizer sobre Mateus 22:30? Segundo os defensores dessa doutrina, o texto apenas nos informa que os anjos não se reproduzem como os humanos. Será que essa é uma interpretação correta? Não é isso que encontramos no livro de Mateus. há também o apoio não confiável da Septuaginta que traduz "filhos de Deus" por "anjos de Deus"(pra quem quiser saber mais sobre a septuaginta, é só verificar o artigo de Walter Andrade Campelo, disponível neste blog).
O que devemos verificar é que não há base para afirmamarmos que os filhos de Deus eram anjos. O contexto do livro de Gênesis não dá base para essa afirmação. Se formos atentar para o contexto geral das Escrituras, vemos que a expressão filhos de Deus é aplicada tanto para homens quanto para anjos( Lc.3:38; Jo.1:12; I Jo.5:1-2). no contexto de Gênesis, é óbvio que a expressão Filhos de Deus, são os homens que permaneceram fiéis a ELOHIM, no caso, os decendentes de Sete, ao contrário das expressão "filhas dos homens" que se refere às mulheres que viviam em pecado.
E outra, se adotarmos o pressuposto que os filhos de Deus eram anjos, seriam eles anjos celestiais? A maioria das respostas é não. Então no caso seriam demônios? Se eram, então porque a Bíblia os chama de filhos de Deus? Lembremos que no livro de Jó Satanás é distinto dos filhos de Deus(que neste caso, são realmente os anjos). O fato de Josefo e os eruditos Judeus crerem nessa doutrina se expilca porque "Os livros apócrifos, provavelmente foram produzidos pelos essênios, os quais adotaram a interpretação angélica. Josefo trabalhou com este grupo"(pastor Lúcio Pires, com o estudo completo disponível no site solascriptura-tt.org) os Judeus eruditos criam em várias coisas no primério século, e existiam vários grupos judaicos divididos, por isso, não podemos concordar cem por cento em suas afirmações. por isso, a dourina que afirma que existiam anjos que tiveram relações sexuais com mulheres, que geraram os "Valentes de fama"(note, a palavra é "valentes",no caso, homens, e não anjos ou coisa parecida), os gigantes da antiguidade, que foram extintos pelo dilúvio (algo absurdo, pois os gigantes ainda existiam no tempo de moisés e Davi, sendo que este último matou Golias, um gigante) e por isso foram aprisonados em cadeias eternas(Jd 6: 7, o texto não dá relação entre esses anjos e Gn 6:1-5) não possui base Escrituristica e carrega um grande mal: acreditar que demônios podem se relacionar com homens abre brecha para que creiamos em doutrinas como as ensinadas por Rebecca Brown, que afirma relatos parecidos com essa interpretação.
Não, Caio Fábio estava errado. Já pensou se tivesse um "anjo pegador" a solta por aí? Isso é absurdo. Realmente, os filhos de Deus eram homens, que infelizmente se juntaram com as mulheres pagãs, como muitos ainda fazem hoje.
que Deus nos guarde de Falsas Doutrinas!!!
Soli Deo Gloria

5 comentários:

Pasica20 disse...

Caros irmãos,
Que bom que que vcs estão indicando o site “Arminianismo.com”, mas penso que, de igual forma, ressalva enfatizando cuidados a serem tomados também devem ser colocadas no site “Monergismo - site do felipe”, que desfila farto material calvinista afinado com o teismo estritamente determinista, contrário aos ensinos da ala pentecostal.

Victor Leonardo Barbosa disse...

Compreendo a sua preocupação pasica. Bem, apesar de sermos da ala pantecostal, a GQL é um tanto dividida nessa questão. Mas também não concordo com o monergismo(me refiro a posição teológica), apesar de conhecer e trocar correspondências com o Felipe, que é o dono do site, no qual admiro muito. Vou colocar umas ressalves e também escrever um artigo sobre esse polêmico assunto.
Que Deus o abençoe
A Paz...
Obs: Se possível, divulgue nosso blog. Pra que assim posamos expandir um pouco mais e dabeter com os irmãos em Cristo visando a edificação.

Victor Leonardo Barbosa disse...

olá pasica, o que aconteceu com o site? ele está "fora do ar".

Pasica20 disse...

Qual site?

Victor Leonardo Barbosa disse...

ops, desculpe irmão, pensei que estva falando com o outro..que é o dono do site arminianismo.com.
Fique na paz..que Deus o abençoe.

"Porque nós não somos, como muitos, falsificadores da palavra de Deus; antes, falamos de Cristo com sinceridade, como de Deus na presença de Deus... não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus... E Temos, portanto, o mesmo espirito de fé, como está escrito: Cri, por isso falei; nós cremos também, por isso também falamos. Sabendo que o que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também por Jesus, e nos apresentará convosco"

2 Coríntios 2:17; 3:5; 4:13-14